Personalidades Locais

Personalidades do concelho de Sátão

FREI JOAQUIM DE SANTA ROSA DE VITERBO
Patrono da Escola Secundária de Sátão

"Elucidario das palavras, termos, e frases, que em Portugal antiguamente se usarão, e que hoje regularmente se ignorão : obra indispensavel para entender sem erro os documentos mais raros, e preciosos, que entre nós se conservão : publicado em beneficio da litteratura portugueza ..." (1798)

“Elucidario das palavras, termos, e frases, que em Portugal antiguamente se usarão, e que hoje regularmente se ignorão : obra indispensavel para entender sem erro os documentos mais raros, e preciosos, que entre nós se conservão : publicado em beneficio da litteratura portugueza …” (1798)

Frei Joaquim de Santa Rosa de Viterbo, nasceu em Gradiz, Aguiar da Beira, em 13/5/1744, tendo falecido no convento da Fraga, em13/2/1822, freguesia de Ferreira de Aves, concelho de Sátão.
Foi um notável investigador e orador sagrado, historiador português e religioso franciscano, com obras publicadas e manuscritos, dos quais a maior parte se conserva na Biblioteca Municipal de Viseu. A sua mais conhecida obra é o “Elucidário”, publicada em 1798, primeira tentativa dum dicionário de termos arcaicos e ainda hoje sem substituto. O original está no Museu Britânico, havendo numerosos textos na citada biblioteca de Viseu.
Esta obra é de domínio público e pode ser consultada a partir do Internet Archive.

Elucidario

Consultar o livro no books.google.pt

Descarregar o Elucidário em formato PDF (82 mb)

Consultou e trabalhou na Torre do Tombo e foi diretor do Seminário da Lapa. Num texto daí se transcreve:”Religioso Professo na Sancta e Real Província da Conceição dos Menores observantes deste Reino de Portugal, leitor jubilado, escriptor público, Socio da Real Academia de Sciências de Lisboa, Notário Apostólico, bibliotecário e autorizado por Sua Alteza Real para dar fé dos mesmos originais às cópias que extrair dos documentos antigos” (7/5/1803).
A Escola Secundária de Sátão, em Dezembro de 1999, escolheu Frei Joaquim de Santa Rosa Viterbo como patrono, este intelectual e investigador ilustre que viveu os últimos anos da sua vida, em completo recolhimento, no convento de Santo Cristo da Fraga, na freguesia de Ferreira de Aves, concelho de Sátão.

Escola Secundária Frei Rosa Viterbo - Sátão

Escola Secundária Frei Rosa Viterbo – Sátão

FERREIRA LAPA
Patrono da Escola Básica (2º e 3º ciclos) de Sátão

João Inácio Ferreira Lapa

João Inácio Ferreira Lapa

João Inácio Ferreira Lapa nasceu no Castelo da freguesia de Ferreira de Aves, Concelho de Sátão, em 24 de Novembro de 1823 e faleceu em Lisboa, em 4 de Agosto de 1892. Filho de uma família muito humilde, a sua educação fez-se na Casa Pia de Lisboa. Foi sempre aluno muito distinto.
Com 14 anos de idade foi aluno laureado na Real Escola Veterinária Militar onde obteve a carta de Medico-Cyrurgico-Veterinário.
Ainda estudante foi nomeado auxiliar do ensino da Cadeira de Anatomia e Fisiologia Veterinária Comparada, vindo a ser nomeado mais tarde Professor Provisório da mesma.
Foi mestre ilustre de Veterinários e de Agrónomos e considerado o fundador da Ciência Agronómica em Portugal.
Foi Diretor do Instituto Geral de Agricultura e do Instituto de Agronomia e Veterinária que ajudara a criar.
Possuía altas condecorações. Foi sócio correspondente e efetivo de numerosas Sociedades Científicas Nacionais e Estrangeiras e da Real Academia das Ciências de Lisboa. Membro do Conselho de Sua Majestade e Par do Reino.

Deixou uma bibliografia extensíssima, dedicando especial atenção às indústrias agrícolas.

O seu nome foi dado a uma rua de Sátão e à antiga Escola Preparatória Ferreira Lapa e à atual Escola do 2º e 3º ciclo, agora denominada Escola Básica Ferreira Lapa de Sátão.

Escola Básica Ferreira Lapa - Sátão

Escola Básica Ferreira Lapa – Sátão

 

MESTRE PEDRO TEOTÓNIO DE ALBUQUERQUE

PERSONAGEM DE SERRAZELA

10389193_837501272934647_7105232655534534296_n

Teotónio Pedro de Albuquerque, nasceu em 29 de Junho de 1914 em Serrazela, Vila da Igreja, concelho do Sátão. 
Desde muito novo que despertara para o mundo das artes e é assim que se matrícula na Escola Industrial e Comercial Dr. Azevedo Neves (atual Escola Secundária Emídio Navarro) onde conclui o concurso de Serralheiro – Ferreiro Artístico no ano letivo de 1936/37, com classificação final de 15 valores e distinção.
Teotónio Albuquerque foi discípulo desse famoso Mestre do Ferro que foi Arnaldo Malho e por coincidência do destino seu substituto à frente da Serralharia Artística na Escola Industrial e Comercial de Viseu desde 1948, tendo chegado a Mestre Principal.
Os seus trabalhos refletem a sua grande capacidade de moldar o ferro de forma singular e objetiva. Das suas mãos saíram alguns dos mais belos exemplares de ferro forjado artístico, em especial no que se refere a peças de decoração.
Trabalhou com igual perícia peças em cobre, latão e outros metais, em particular com motivos de decoração vegetalista – flor de liz, de papoila, alcachofra, jarro, acanto e mirto; animalista – cabeças de serpente e lobo, cavalo marinho, dragão e galo; geométrica – entrançados, torcidos e corda; e anatomia – figuras humanas.
Apesar de discípulo de Mestre Malho, Teotónio Albuquerque trabalhou com grande liberdade de inspiração, com a particularidade de irmanar elementos góticos com renascentistas, românticos com rococó ou “Arte Nova”.

Captura de ecrã 2015-11-23, às 14.58.02

Deixou um espólio artístico muito vasto, repartido entre o Museu de Grão Vasco, Câmara Municipal de Viseu, Câmara Municipal de S. Silvestre, de Serrazina, sua terra natal one colocou, entre outras ofertas, um belíssimo candelabro, dois apliques para luz indireta e um alto lampadário, tudo na sua arte específica e tão nobre.

Faleceu em 29 de Agosto de 1986 de doença incurável estando enterrado no cemitério de Viseu.
Na Rua Direita, na casa onde viveu, encontra-se hoje uma lápide em bronze alusiva à sua memória.

Captura de ecrã 2015-11-23, às 14.55.14

Anúncios

1 Comentário (+add yours?)

  1. Carlos Sales
    Abr 25, 2013 @ 21:47:27

    Olá! Muito interessante a forma de divulgar e levar a história local ao mundo! Parabéns a todos os elementos do clube pelo trabalho desenvolvido. O vosso logótipo é giríssimo …
    Cumprimentos

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: