A localidade de Vila Longa situa-se a a 16,4 Kms de Sátão, sede do Concelho.
Vila Longa significa encantamento, longe, distância e saudade. Quem lhe deu este nome de Vila Longa não foram os seus habitantes, mas aqueles que avistavam a povoação de longe. Pertenceu à antiquíssima paróquia de Santa Maria de Gulfar até ao século XVI, e quando das terras circundantes para ela olhavam chamavam-lhe Vila Longa, a terra que viam ao longe, para lá do vale profundo, a terra da sua saudade.
Nos fins do século XVI, constituiu-se em paróquia independente, mas continuou a pertencer ao concelho de Gulfar, passando com este para o de Sátão em 1836. Administrativamente, porém, continuou a ser servida pela Junta de Freguesia das Romãs até há cerca de setenta anos atrás.
Atualmente pertence à União das Freguesias de Romãs, Decermilo e Vila Longa.

Do património arquitetónico desta povoação destacamos a igreja Matriz, templo construído em 1844 e dedicado a Nossa Senhora da Graça. O interior apresenta talha dourada, com traços do estilo barroco.

109igrejamatriztextoNuma zona elevada encontra-se a capela de S. Tiago construída em 1765.

109capelastiagotexto

Vila Longa tem também um cruzeiro, provavelmente construído no século II d.c.. Apenas a base deste se conserva no seu estado original.

f109tp5_foto2

Trabalho de pesquisa realizado por: Sara, Bernardo, Cláudia, Carolina, Diana e Jéssica

Fotos recolhidas em http://www. terralusa.net

Anúncios